quinta-feira, 23 de março de 2017

Vereadores aprovam criação de CPI para investigar prefeito e vice-prefeito


Por maioria, os vereadores de Laguna aprovaram na noite desta quarta-feira (22), a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, para investigar denúncias contra o prefeito Mauro Candemil e o vice-prefeito Julio César Willeman.

O pedido de abertura de CPI foi protocolado pelo vereador Osmar Vieira, e aprovado em plenário.
Na denúncia, Vieira destacou irregularidades na contratação de serviços pela prefeitura ,  e aditivos em contratos anteriores, como aditivo feito para locação de software de sistema  de gestação da Secretaria de Saúde, e outras irregularidades. O vereador anexou ao requerimento à denúncia feita por uma cidadã que apresenta irregularidades e fraude em licitação, quando Candemil era secretário da ADR. Práticas que, segundo a denunciante, estariam ocorrendo na prefeitura.

O presidente da Câmara, Cleosmar Fernandes, após aprovado o requerimento, nomeou os vereadores; Adilson Paulino, Antônio Laureano, Rhomening Rodrigues, Patrick Mattos de Oliveira, Rodrigo Moraes, que terão cinco dias para se reunir e definir presidente e relator da CPI.

Foram favoráveis a criação da CPI os vereadores; Adilson Paulino, Antônio Laureano, Cleosmar Fernandes, Osmar Vieira, Patrick Mattos de Oliveira, Peterson Crippa da Silva, Rhomening Rodrigues, Rodrigo Moraes.
Contra a criação da CPI, os vereadores; Kleber Roberto Lopes, Rogério Medeiros  e Thiago Duarte.


Contrários à penitenciaria em Laguna, população participa de sessão na Câmara de Vereadores

Com palavras de ordem, manifestantes, contrários a instalação da penitenciária industrial em Laguna, participaram da Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores desta quarta-feira (22). 

Segundo o vereador Osmar Vieira, autor do requerimento para realização de audiência pública, “o apelo foi feito para que nós parlamentares víssemos nos manifestar contra, já que Laguna precisa de indústrias e geração de emprego. Queremos que a população decida” destacou Vieira.

Nos próximos dias o presidente da Câmara, Cleosmar Fernandes, deve marcar uma audiência publica, no Centro Cultural, para discutir sobre o assunto.

A secretária de estado de Segurança Pública, Ada de Lucca, deve ser convidada para participar da discussão. O governo do estado estaria disponibilizando R$ 46mi, para a construção da penitenciária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário