domingo, 24 de julho de 2016

Pedido de liminar para o bloqueio dos bens do ex-secretário regional e pré-candidato à prefeitura de Imbituba será julgado em Laguna


O juiz Paulo da Silva Filho, da 2ª Vara Cível da Comarca de Laguna, deverá analisar, nos próximos dias, um pedido de liminar para o bloqueio dos bens do ex-secretário regional e pré-candidato à prefeitura de Imbituba, Christiano Lopes de Oliveira (PSD) e de outras dez pessoas no valor de até R$ 235.109,10. A análise desse pedido liminar é parte de uma Ação Civil Pública do Ministério Público do Estado de Santa Catarina (MPSC) de Laguna, ingressada em abril deste ano, que pretende que o político imbitubense seja condenado por ato de improbidade administrativa que, para o MPSC, teria sido praticado no período em que Christiano foi secretário regional da SDR Laguna, em 2012.

Além do bloqueio dos bens de Christiano, o MP pede, por meio da promotora de justiça Sandra Goulart Giesta da Silva, a inelegibilidade do imbitubense por até oito anos, o ressarcimento de R$ 616.223,00 em forma de dívida solidária (aquela em que a importância total pode ser exigida de qualquer um dos codevedores em conjunto ou separadamente, ficando todos desonerados pelo pagamento que um fizer) entre os acusados  e a perda imediata da função pública, caso o acusado esteja desempenhando cargo público

Nenhum comentário:

Postar um comentário