segunda-feira, 25 de abril de 2016

Projeto Virada da Saúde começa em Florianópolis com mais de 200 ações

Promover a saúde, o bem-estar e estimular a adoção de bons hábitos é a proposta do Virada da Saúde, evento que teve início na manhã desta segunda-feira (25) e se estende até o dia 1º de maio, em Florianópolis. Realizado há dois anos em São Paulo, esta é a primeira vez que o circuito, que inclui palestras, oficinas e atividades físicas, é promovido na capital catarinense.
A cerimônia de abertura aconteceu no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), entidade que promove o evento, por meio do Sesi e com o apoio do Instituto Saúde e Sustentabilidade e da Secretaria Municipal de Saúde.
Durante a solenidade, o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, enfatizou a importância da união de esforços para a melhoria dos indicadores de saúde e da qualidade de vida dos catarinenses, medidas que, a seu ver, também devem trazer reflexos positivos sobre o desempenho industrial do estado. “Acredito que cada vez mais será necessário o engajamento conjunto de lideranças empresariais, acadêmicas, políticas e sociais para que possamos criar ambientes de trabalho saudáveis e difundir bons hábitos de vida entre a população, ações fundamentais para que o capital humano seja também um dos nossos diferenciais competitivos.”
A escolha de Florianópolis como sede da Virada, destacou a representante do Instituto Saúde e Sustentabilidade e coordenadora do projeto, Paola Liguori, levou em conta os bons indicadores em saúde do município. “Houve a proposta de expandi-lo para outros locais do país e foi sugerido Florianópolis, cidade que respira qualidade de vida e conta com bons equipamentos e espaços de lazer. A ideia teve uma boa receptividade tanto pela Secretaria Municipal de Saúde, quanto dos nossos parceiros institucionais, fator decisivo para que fosse concretizada.”
Drauzio Varella
Até sábado, dia de encerramento da Virada, estão programados cerca de 200 atividades, todas gratuitas e voltadas a diferentes faixas etárias da população.
Um dos destaques é a participação do médico Drauzio Varella, que na manhã de hoje proferiu palestra sobre a saúde nas empresas. Segundo Varella, que também se notabilizou como escritor e por suas participações no programa Fantástico, da TV Globo, o Brasil atravessa uma situação peculiar em termos de saúde pública, pois congrega problemas característicos tanto de países desenvolvidos, quanto em desenvolvimento. “Ao mesmo tempo em que nossa população envelhece, se torna obesa e hipertensa, problemas próprios de países mais ricos, ainda temos amplos setores da população que padecem de doenças decorrentes da falta de saneamento básico, como epidemias de dengue e zica.”
Devido a sua complexidade, disse, a situação requer ações mais incisivas não só do poder público, mas também do setor privado. “Tudo isto tem um alto custo não só econômico como também social, o que requer esforços de todos na busca por soluções.”
A Virada da Saúde ocorre simultaneamente nos centros de saúde e em espaços públicos e privados de Florianópolis, como parques e instituições. A programação completa do evento pode ser acessada no site http://viradadasaude.org.br/floripa.

Alexandre Back
AGÊNCIA AL

Nenhum comentário:

Postar um comentário