quarta-feira, 16 de março de 2016

Nova etapa nas obras de revitalização

Canteiros centrais para contribuir com a drenagem da água da chuva estão sendo construídos na rua Raulino Horn, na praça da República. Em outra frente de trabalho, nas imediações do museu Casa de Anita e igreja Santo Antônio, acontece as construções de valas para colocação de caixas e dutos do cabeamento subterrâneo. Avaliada em R$ 8.016.881,71 milhões dentro do Pac das Cidades Históricas do Governo Federal, as intervenções abrangem a revitalização e o cabeamento. 

De acordo com a arquiteta Graziela Sitônio, coordenadora dos projetos do PAC das Cidades Históricas no Governo Municipal, as próximas etapas deverão ser as retiradas dos postes de iluminação, migração da rede de energia antiga para a nova e a instalação nas edificações. "A Celesc terá um prazo de 10 dias para realizar os testes, após a conclusão do serviço, " completa. As novas instalações para iluminação pública também completarão esta etapa. 
Os proprietários e moradores das edificações na rua Raulino Horn serão previamente comunicados. 
Igreja de Santo Antônio terá nova iluminação
Dentro da nova estrutura de iluminação, a beleza arquitetônica da igreja Santo Antônio será ressaltada. Luzes de led, incluindo as torres da igreja com a tecnologia de alternar cores irão compor o novo visual. 
O Museu Casa de Anita também vai receber mais luzes, próprias para edificações históricas na parte externa. 
Nesta semana, os técnicos irão apresentar como deverá ficar a nova iluminação numa reunião no gabinete do prefeito. 
Cabeamento subterrâneo 
Nas imedições do museu Casa de Anita, homens e máquinas estão abrindo valas para a colocação do cabeamento subterrâneo. Os dutos irão abrigar fiações elétricas, de linhas telefônicas e internet.


Exibindo IMG_4469.JPG
Projeto  
Avaliada em R$ 8.016.881,71 milhões, a requalificação abrange também a rua Jerônimo Coelho (Banco Bradesco em direção a igreja matriz), a praça República Juliana (estátua de Anita) e XV de Novembro (rua do Iphan e calçadão). Sendo R$ 6 milhões para o cabeamento subterrâneo e dois milhões para a revitalização. 
Três empresas são responsáveis pela obra Quantum Engenharia, Sadenco Engenharia e Magapavi Construtora. Sendo as duas primeiras pelo cabeamento subterrâneo. 
A obra envolve a drenagem pluvial, pavimentações, paisagismo, Calçadão da Rua XV de Novembro, praça República Juliana, praça Jerônimo Coelho (Largo do Rosário), mobiliário urbano, cabeamento subterrâneo, novos postes com led e iluminação cenográfica em fachadas selecionadas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário