quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Eduardo Pinho Moreira desativa 15 regionais


Governador Eduardo Pinho Moreira anuncia desativação de secretarias e reforça compromisso com áreas prioritárias como Saúde e Segurança


Com o compromisso de rigor no controle dos gastos e atuação prioritária nas áreas da Saúde e Segurança Pública, o governador Eduardo Pinho Moreira concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 21, em seu gabinete no Centro Administrativo, em Florianópolis, para falar das ações imediatas do Governo. Moreira anunciou a desativação de 19 pontos de saída de recursos, sendo 15 Agências de Desenvolvimento Regional e quatro Secretarias Executivas de Estado. Segundo o governador, a medida representa a redução de 185 cargos comissionados e uma economia anual de aproximadamente R$ 50 milhões. Eduardo Pinho Moreira falou ainda dos investimentos em obras estruturantes em andamento pelo Estado.
O governador Eduardo Pinho Moreira abriu a coletiva destacando que os gestores públicos terão um ano que vai exigir pleno controle de despesas por conta das Leis de Responsabilidade Fiscal (LRF) e eleitoral. “Nós vivemos um ano atípico em que a lei é extremamente rigorosa e nós temos que cumpri-la”, salientou Moreira ao informar que em ano eleitoral, a partir do segundo quadrimestre, todas as despesas do Governo do Estado têm que ter em caixa os recursos correspondentes para atendê-las. “É por isso temos que tomar decisões importantes nesse início para atender a lei e cumprirmos com o que temos mostrado para Santa Catarina como prioridades absolutas: Saúde e Segurança”, completou o governador.
Como uma das ações imediatas que implicam na redução de despesas, o governador anunciou que, por meio de decreto, serão desativadas 15 Agências de Desenvolvimento Regional. São elas: de Itapiranga; Dionísio Cerqueira; Palmitos; Quilombo; Seara; Caçador; Ituporanga; Taio; Ibirama; Timbó; Brusque; Laguna; Braço Norte; Canoinhas e São Joaquim. As demandas serão absorvidas por outras agências. No âmbito do governo central, serão desativadas as Secretarias Executivas da Articulação Estadual; de Assuntos Internacionais; de Assuntos Estratégicos; e de Supervisão de Recursos Desvinculados. “Essas são as primeiras mudanças, outras medidas de redução, como a junção de secretarias, serão anunciadas a partir de março”, antecipou o governador.

Na página 14 do Plano 15
Para falar da desativação das ADRs, o governador Eduardo Pinho Moreira relembrou o plano de governo elaborado em conjunto com Luiz Henrique da Silveira para o pleito de 2002. “Na página 14 do chamado Plano 15, à época, estava prevista a criação de uma Secretaria de Desenvolvimento Regional em cada microrregião de Santa Catarina, era o início da descentralização do Governo, então hoje eu anuncio a desativação de 15 ADRs, com a legitimidade de ter ajudado a construir esse processo e, agora, com plena consciência de que sob o ponto de vista político, o gesto tem que partir do governador”, afirmou.

Recursos para obras estruturantes
Durante a coletiva, o governador Eduardo Pinho Moreira reforçou que o apoio do Governo à realização de obras estruturantes será mantido. Citou a revitalização da SC-401 (uma das mais movimentadas do Estado), o novo acesso ao Aeroporto de Florianópolis e a continuidade da restauração da Ponte Hercílio Luz, essas na região da Grande Florianópolis, assim como as obras prioritárias em andamento em outras regiões. Moreira explicou que os recursos destinados ao Fundam 2 também serão utilizados nestas obras consideradas estruturantes.
Segundo o governador, o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) autorizou a liberação de R$ 723 milhões. Pelo menos R$ 360 milhões serão utilizados para obras, especialmente de infraestrutura, e aquisições de equipamentos para a Segurança Pública, reformas das outras duas pontes de Florianópolis e a ampliação do fornecimento de energia elétrica trifásica para o interior. O modelo será apresentado ao banco por meio de carta consulta. “O restante dos recursos continua sendo discutido para que chegue até os municípios no melhor formato”, ressaltou.

Reforçando as prioridades
Ao anunciar a redução nas despesas do Governo, o governador Eduardo Pinho Moreira reforçou o compromisso com as áreas que defende como prioridades da administração: Saúde e Segurança Pública. Moreira disse que é fundamental que o repasse mensal dos recursos ao setor da Saúde (14% da arrecadação), por exemplo, seja feito rigorosamente. “Ao final do mês, veremos o que ficou de demanda em outros setores, mas Saúde é uma prioridade absoluta”, enfatizou.
Já para o setor de Segurança Pública, além do reforço no efetivo e aquisição de equipamentos e viaturas, o governador defende que é preciso construir parcerias com a iniciativa privada no desenvolvimento de tecnologia. “É dessa forma, com inteligência e tecnologia, que vamos conseguir nos antecipar à criminalidade e entregar um melhor resultado para toda a sociedade catarinense”, concluiu.

Acompanharam a entrevista coletiva na manhã de quarta-feira, 21, no Centro Administrativo do Governo, os secretários de Estado da Administração, Milton Martini; da Casa Civil, Luciano Veloso Lima; da Fazenda, Paulo Eli; da Comunicação, Marcelo Rego, ex-deputado Miguel Ximenez, que a partir de março vai trabalhar diretamente no gabinete do governador, e o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini.

domingo, 31 de dezembro de 2017

Tudo pronto para as festas de Réveillon


Laguna terá atrações no Mar Grosso e Farol de Santa Marta

                 Em Laguna, um dos destinos favoritos do Sul do Estado durante a temporada de verão, a virada do ano será celebrada na praia do Mar Grosso. A programação tem início às 18h30min, com a Missa da Virada, que será comandada pelo padre Vicente de Paula. Na sequência, shows com os grupos Prakatá e A Ousada, até a contagem regressiva e a queima de fogos. A banda Juízo Final fecha a noite, a partir das 00h30min.

Já no Farol de Santa Marta, a animação da virada será feita pela banda Ph7, a partir das 23 horas. A contagem regressiva inicia às 23h50min, antes do show pirotécnico.

A grande festa da virada em Laguna acontece todos os anos na praia do Mar Grosso. Este ano, a programação está repleta de atrações. No Farol de Santa Marta também vai ter queima de fogos e shows.

Confira a programação completa:

Praia do Mar Grosso
-> 31.12.2017

18:30 horas - Missa da Virada com Pe. Vicente de Paula - Música Danilo Lopes (Integrante da Banda do Pe. Marcelo Rossi)
20:30 horas - Banda Prakatá
23:00 horas - Grupo Show A Ousada
23:50 - Contagem Regressiva
00:00 - Queima de Fogos
00:30 horas - Banda Juízo Final

-> 01.01.2018

19:30 horas - Missa com Elinton Costa e Show Nacional Banda Amados do Eterno
21:30 - +D40
00:30 - PH7

Farol de Santa Marta

-> 31.12.2018
23:00 horas - Banda Ph7
23:50 horas - Contagem Regressiva
00:00 - Queima de Fogos
00:30 - Continuação com a Banda Ph7

O réveillon está sendo realizado pelo Governo Municipal, através da Secretaria de Turismo.

sábado, 30 de dezembro de 2017

Motorista desvia de cachorro, bate e capota carro na BR-101

Apesar dos estragos, o condutor saiu ileso do acidente

Pescaria Brava

Um capotamento foi registrado na madrugada deste sábado na BR-101, em Pescaria Brava. O condutor do carro com placas de Pescaria Brava e morador do município trafegava pela marginal por volta das 2h20 quando foi surpreendido por um cachorro atravessando a pista.

Ao desviar do animal, acabou perdendo o controle do veículo, saiu da pista e bateu em um bloco de concreto. Na colisão, capotou o carro. Houve apenas danos materiais.

Fonte: Engeplus

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Paisagem Cultural



Poder Legislativo em recesso


Poder Legislativo em recesso
 
O Poder Legislativo estará em recesso de 26 de dezembro 2017 a 06 de janeiro 2018. Durante o recesso legislativo, de 1° de janeiro a 02 de fevereiro de 2018, o expediente interno e externo da Câmara será das 8h às 12h.

Durante o recesso legislativo não há Sessões Ordinárias, somente Sessões Extraordinárias se convocadas pelo prefeito municipal.  Os vereadores não recebem quaisquer subsídios extras durante convocação de Sessão Extraordinária.

O recesso parlamentar em Laguna foi reduzido de 90 para 55 dias, sendo divido entre final de ano, inicio de ano e no mês julho, de acordo com Constituição Federal, acompanhando o recesso da Assembléia Legislativa de Santa Catarina e Congresso Nacional.
 

Roteiros de Verão - Sesc Turismo Social